Um a cada quatro apps para Android é potencialmente perigoso, diz pesquisa

O Android, como muitos especialistas alertam, não é um sistema seguro. Um estudo do site Bit9 comprovou a quantidade aplicativos mal intencionados direcionados para os usuários da plataforma e, de acordo com a pesquisa, mais de 100 mil programas no Google Play são potencialmente perigosos. Ou seja, 25% dos arquivos disponíveis para download na loja virtual podem causar sérios danos aos dispositivos móveis.

O relatório foi feito da seguinte forma: todos os apps que acessam informações pessoais dos donos dos gadgets foram classificados como “de risco”. Um a cada quatro apps da loja virtual entrou nesta lista e, deste universo, pelo menos 285 softwares requisitam mais de 25 permissões de sistema para rodarem – o que parece ser um grande exagero e gera uma grande falta de segurança para o usuário.

O levantamento destacou ainda que 72% dos apps exigem pelo menos uma permissão arriscada para rodar, enquanto apenas 24% permitem que o usuário tenha livre escolha no que quer ou não liberar. Os pedidos de acesso mais comuns entre os softwaresestão a localização via GPS, com 42%, e o número do telefone, com 31%.

Um dos programas que mais recebem variações maliciosas para enganar o consumidor que utiliza o Android é o famoso game Angry Birds. A Rovio, franquia responsável pelo jogo, só lançou quatro apps oficiais para o sistema operacional móvel do Google. No entanto, uma busca pelos termos “Angry Birds” no Google Play gera cerca de 115 resultados. A grande maioria, é claro, são programas falsos e maliciosos.

 

Fonte: 
TechTudo, Thiago Barros

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment. Click here to login