Venda de PCs deve continuar em queda até 2016

A queda nas vendas de PCs pode não ser temporária e os próximos anos não devem ser positivos para a indústria, afirma a Barclays Capital, que cortou a projeção de vendas do setor até 2016.

De acordo com a CNET, uma série de fatores contribuirão para o futuro pouco promissor do setor, como o crescimento dos tablets e a confusão dos consumidores com relação ao Windows 8.

“Estamos diminuindo as previsões de 2012-2016 de PCs devido a condições macro fracas, confusão em relação ao Windows 8, canibalização pelos tablets e aumento dos ciclos de trocas”, afirmou o analista Ben Reitzes. Ele afirma que a indústria do PC é “míope” e não reconhece e se ajusta ao gosto dos consumidores.

O analista diminuiu a previsão de vendas de PCs para 2012 em 3% e agora afirma que 352,75 milhões de unidades serão vendidas neste ano. Em 2013, a quantidade diminuirá novamente e ficará em 338,4 milhões. Até 2015, a queda deve ficar entre 50-100 milhões de unidades por ano.

Enquanto isso, os tablets podem chegar a 230 milhões de unidades vendidas em 2014. A Apple deve continuar dominando o mercado, mas Google, Samsung e Amazon podem ter juntas, entre 30 e 40% de market share dentro de dois anos.
Site: Olhar Digital
Data: 13/11/2012
Hora: 10h35
Seção: Digital_news
Autor: ——
Link: http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/venda-de-pcs-deve-continuar-em-queda-ate-2016

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment. Click here to login